quinta-feira, 30 de julho de 2020

A minha experiência com a trotinete m365 depois de fazer 2500km durante pouco mais de 1 ano.

A trotinete funciona bem e as baterias depois de mais de 1 ano e 2500km só se desgastaram 3%, o que não é nada. Ela tem dois modos de funcionamento. Eco (18km/h) e normal (25km/h). No Eco já fiz 28km. No normal faz uns 20km. Isto a direito. Se apanhares muitas subidas ingremes a autonomia desce bastante. Se tivesses de fazer um percurso de subidas talvez consigas fazer uns 15 a 18km. Já fiz muitas vezes Sacavém (Bobadela) para Cais do sodré e depois voltar. A direito no modo eco a trotinete dura e dura e dura... Eu peso 60kg. Mas nunca li que peso o influênciasse muito na autonomia. Nas subidas deve fazer diferença. A bateria carrega em umas 4h. Carregadores extra para andar na mala ou deixar no trabalho custam menos de 20€ no Aliexpress. Quanto a subidas e a subir. Mesmo no modo eco ela sobe sem problemas da rotunda do Marquês até ao Saldanha. Nalguma subida mais ingreme pode-se ter de dar ajuda com o pé que ela lá vai subindo. Lembro-me que sobe também sem problemas a rua da Alegria (do Cais do Sodré ao Chiado). Uma rua que deve ter-se de dar ao pé será por exemplo a rua das Petras perto da Baixa. A trotinete tem 4 leds a indicar a autonomia. Nos dois primeiros está cheia de força. No penúltimo reduz a força nas subidas e no último só quer quase andar a direito. A trotinete pesa 12kg por isso é fácil de carregá-la e quando é preciso subir escadas, enfiá-la num elevador ou na parte de trás de um carro. Eu ando normalmente em estradas normais em localidades e nacionais no modo normal. Não tenho tido problemas com os outros carros na estrada. De vez em quando lá aparece um esperto que grita qualquer coisa como se fosse um macaco. É estranhamente frequente. O eixo central de Lisboa que são as avenidas com as pistas para bicicletas é um mimo. Eu chamo-lhe a autoestrada das trotinetes. Se morarem num sitio com acesso a pistas de bicicletas não tenhas dúvidas em adquirir uma. Eu comprei a minha trotinete na Mediamarket Benfica por 379€. Se fosse hoje comprava a versão PRO que tem 45km de autonomia em vez dos 30km da versão que eu tenho. Penso que custa 450€. Existem também umas trotinetes que ficam por uns 550€ (quando em promoção em lojas como a Banggood) que andam a 40km/h e fazem +45km. Não serão bem legais mas ninguém chateia. Eu uso sempre o capacete, óculos e luvas de bicicleta. Faz diferença. Senteste mais seguro e não te entram insectos pelos olhos a dentro. Comprei tudo barato na Decathlon. Problemas da trotinete que são conhecidos: Os pneus com câmara de ar furam facilmente. Trocar os pneus é um trabalho do demo. Tive de pedir ajuda a um mecânico amigo que monta pneus e mesmo ele não achou piada. Já troquei os pneus de ar para pneus sólidos (custam 18€ cada na amazon.es). A trotinete até ficou melhor. E agora já não tenho de andar a fugir dos muitos vidros partidos que aparecem na estrada. O pneu de trás fura mais rápido que o da frente. O da frente até fez 2400km. A pressão nos pneus têm de ser 4 bar, senão furam muito rápido porque fazem mais barriga. Os pneus sólidos que tenho agora têm uns buraquinhos na lateral que os torna mais confortáveis. Usem o acelerador em modo cruise control. Se usarem o aceleradador constantemente podem ter problemas com o sensor. Eu estava a ter (deixa de acelerar e é preciso deslargar e voltar a pressionar), mas desde que uso o cruise control nunca mais tive chatices. Activa-se na app da xiaomi (mi home). O páralamas traseiro parte facilmente se andarem em estradas de paralelos (pedra) ou andarem em caminhos de terra. Não aguenta as oscilações. Comprem uns suportes laterais para o páralamas que custam uns 2€ no Aliexpress ou ebay. Há quem ande sem o páralamas traseiro mas depois sujam-se todos quando apanham água na estrada. Cumprimentos

Sem comentários:

Publicar um comentário